O novo curso para o setor de Reciclagem Animal que estava previsto para os dias 6, 7 e 8 de abril foi adiado. Uma nova data está sendo avaliada.

A associação tomou esta decisão em função do avanço do coronavirus. Assim que for possível, a nova data será informada.

Novo curso da ABRA com o objetivo de difundir conhecimento aos colaboradores das empresas do setor de reciclagem animal que atuam com exportação ou querem passar a trabalhar nessa área.

Palestrantes convidados:

  • Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA

  • Ministério das Relações Exteriores – MRE

  • Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos – Apex-Brasil

  • Confederação Nacional da Indústria – CNI

Programação

Abertura ABRA

9:00 – 10:00 Objetivo: Momento de acolhimento da turma, apresentação do curso, expectativas da ABRA, familiarização com conteúdo que irá ser ministrado, instruções acerca de horários e materiais de estudos, bem como informações do trabalho que deverá ser entregue após o curso.

INTERVALO

10:00 – 10:30

PALESTRA SCRI/MAPA

10:30 – 11:30 Objetivo: Apresentar para os participantes os processos de aberturas comerciais de mercados na perspectiva governamental, enfatizando os passos, funções, desafios e principais trabalhos da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais – SCRI, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA.

PALESTRA DIPOA/SDA

11:30 – 12:30 Objetivo: Apresentar para os participantes os processos de chamamento de missões, requisitos sanitários, emissões de certificados sanitários, documentação para exportação inerente a Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal – DIPOA/MAPA e principais trabalhos.

ALMOÇO

12:30 – 14:00

PALESTRA VIGIAGRO

14:00 – 15:00 Objetivo: Abordar a exportação na prática, nas formas de atuação no mercado externo, e a execução dos trâmites operacionais - desde tornar-se exportador passando pela sistemática das exportações até a efetiva conclusão - bem como operações simplificadas. Resultado esperado: Capacitar o profissional para atuar no dia a dia das exportações do setor, lidar com as anuências do setor, desde a verificação da possibilidade de exportar até o despacho final e a análise do processo, de forma a melhorar cada vez mais os trâmites empresariais.

INTERVALO

15:00 – 15:20

PALESTRA DPB/MRE Divisão de Agricultura e Produtos de Base do Ministério das Relações Exteriores

15:20 – 16:10 Objetivo: Apresentar para os participantes questões da diplomacia agrícola, interlocução com o MAPA e embaixadas, trabalhos das Secretarias de Comunicação - SECOMs, processos de comunicação, embaixadas e demais funções do MAPA no que tange agronegócio.

Plano de Internacionalização

16:10-18:00 - (2h/aulas) Objetivo: Capacitar para orientar e planejar estrategicamente a internacionalização de atividades e negócios, com foco no desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e atitudes e na aplicação de ferramentas importantes para auxiliar na decisão e condução do início ou expansão de operações no exterior. Resultado esperado: Analisar os fatores determinantes da internacionalização de empresas, partindo dos modelos clássicos até a visão contemporânea. Além disso, avaliar como esse processo impacta no desenvolvimento da empresa, no padrão de concorrência, no mercado de trabalho e na capacidade inovativa.

Gestão de Exportação

8:30 – 10:10 (2h/aulas) Objetivo: Fornecer aos profissionais informações sobre técnicas de gestão, buscando integrá-los à metodologia e sistemas utilizados nas operações de exportações, além de proporcionar os conhecimentos essenciais sobre o processo de exportação, tanto na teoria como na prática. Resultado esperado: ampliar a avaliação do nível de capacidade competitiva da organização e no desenvolvimento das três áreas principais da exportação: competitividade da empresa, transferência do produto e gerência do mercado externo. Utilizar ferramentas/métodos para a simplificação da gestão da exportação, como a engenharia de exportação com o método P.I.M.E. - Promoção, Informação, Mercado, Empresa.

Alternativas para Pequenas e Médias Empresas e filiais

10:20 – 12:00 (2h/aulas) Objetivo: Compreender os graus de maturidade de uma empresa no quesito exportação e abordar as alternativas para início de exportações de pequenas e médias empresas, e filiais. Abordar meios como consórcio de empresas - quem pode participar, como funciona, alternativas existentes - capacitação e outras ferramentas Resultado esperado: Permitir que o profissional compreenda a complexidade do processo de exportações e os meios para simplificar o processo até o período de amadurecimento da empresa para um player exportador.

Logísticas, questões portuárias. Regime de Impostos. Alfandegas e Receita Federal

14:00 – 14:50 (1h/aula) Objetivo: Familiarizar os profissionais com temas de questões portuárias, Regime de Impostos, Alfandegas e Receita Federal. Resultado esperado: Compreender o contexto de questões portuárias, Regime de Impostos, Alfandegas e Receita Federal.

Histórico, noções básicas e Tipos de Barreiras

14:50 – 15:40 (1h/aula) Objetivo: Abordar contexto histórico sobre a existência de barreiras regulatórias, impacto sobre o comércio internacional, e regulamentação do comércio, bem como observar noções básicas sobre as barreias e sobre acordos comerciais de livre comércio, em especial. Abordar os tipos de barreiras regulatórias existentes, seja comerciais, burocráticas ou sanitárias. Suas especificações, formas e impactos sobre o comercio internacional. Resultado esperado: compreender o contexto de aplicação das barreiras regulatórias, capacidade de discutir e atuar dentro da temática, e compreensão sobre acordos de livre comercio, possibilitando traçar estratégias para lidar com essas temáticas. Capacitar os participantes para identificação de barreiras regulatórias no trato diário do comércio internacional

INTERVALO

15:00 – 15:20

Aplicação de Medidas Sanitárias

16:00 – 16:50 (1h/aula) Objetivo: Aprofundar os temas referentes as barreiras sanitárias, em especial as de cunho zoo sanitárias, bem como Sistema de Preferências Sanitárias entre países. Definição de barreiras sanitárias, ambiente regulatório internacional, impactos econômicos das barreiras sanitárias sobre o mercado de reciclagem animal, desafios atuais e futuros. Resultado esperado: Permitir que o profissional compreenda a complexidade do processo de exportações e os meios para simplificar o processo até o período de amadurecimento da empresa para um player exportador.

Sistemas de combate as barreiras

16:50 – 17:40 (1h/aula) Objetivo: Abordar ações de combate a barreiras regulatórias, práticas desleais de comércio e defesa comercial. Papel da Secretária de Comércio Exterior - SECEX e do Departamento de Defesa Comercial no combate as barreias. Trabalho das confederações na defesa do empresariado diante das barreiras e Sistema Eletrônico de Monitoramento de Barreiras às Exportações – SEM Barreiras. Resultado esperado: Capacitar participante para adotar ações de combate a barreiras, tendo conhecimento dos meios e organismos de suporte para esse combate, como também utilizar o Sistema Eletrônico de Monitoramento de Barreiras às Exportações – SEM Barreiras.

Gestão de Exportação

8:30 – 10:10 (2h/aulas) Objetivo: Fornecer aos profissionais informações sobre técnicas de gestão, buscando integrá-los à metodologia e sistemas utilizados nas operações de exportações, além de proporcionar os conhecimentos essenciais sobre o processo de exportação, tanto na teoria como na prática. Resultado esperado: ampliar a avaliação do nível de capacidade competitiva da organização e no desenvolvimento das três áreas principais da exportação: competitividade da empresa, transferência do produto e gerência do mercado externo. Utilizar ferramentas/métodos para a simplificação da gestão da exportação, como a engenharia de exportação com o método P.I.M.E. - Promoção, Informação, Mercado, Empresa.

Relatório Final, Não Conformidades e Particularidades de Mercados

10:30 – 11:20 (1h/aula) Objetivo: Abordar processo pós-missão Comercial de habilitação. Procedimentos e relatório final. Como lidar com as não conformidades e passos a seguir em caso habilitações pendentes. Obrigações e responsabilidades das empresas, contrapartida do Ministério da Agricultura e da autoridade sanitária estrangeira. Abordar as particularidades dos principais mercados do setor de reciclagem animal que demandam missões veterinárias Resultado esperado: Capacitar participante para interpretação correta do relatório final da missão, compreensão dos procedimentos e previsibilidade dos prazos. Elaboração adequada do Plano de Ação para as não conformidades em caso de habilitação por pendencias. Compreender as particularidades dos principais mercados do setor de reciclagem animal que demandam missões veterinárias

ALMOÇO

11:20 – 13:20

Laboratório de Comércio Exterior

13:20 – 14:10 13:20 – 15:00_Montagem de Processo Operacional Padrão - POP de Comércio Exterior para produtos da reciclagem animal 15:00 – 16:00_Troca de exercícios e correções de POP 16:00 – 17:30_Apresentação dos POPs Os líderes dos grupos terão a incumbência de sintetizar os POPs em um único documento a ser entregue dentro do prazo de 20 dias para a emissão de certificados da turma.

Material didático

O material didático será completamente digital e disponibilizado na semana anterior ao curso.
R$900,00
Associado ABRA
R$1800,00
Não Associado ABRA

Estão inclusos na inscrição

Almoço e coffee break todos os dias. A ABRA Disponibilizará também caderno e caneta ao participante.

HOTEL

Intercity Curitiba – Centro Cívico
FAÇA SUA RESERVA