Skip to main content

 
Curitiba / Paraná –  Representantes de entidades, federações e associações se reuniram na sede do Sistema FAEP/SENAR-PR, em Curitiba, para definir as diretrizes de divulgação da metodologia que unifica os custos de produção na suinocultura no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
 
Desde o início deste ano, os três Estados estão trabalhando sistematicamente no desenvolvimento dessa planilha para que tenham uma única  plataforma para calcular os custos de produção. A ferramenta, desenvolvida pelo consultor da FAEP, Ademir Francisco Girotto, com o apoio da Embrapa Suínos e Aves e o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), foi recentemente concluída. Agora, essas instituições estudam os principais meios e estratégias para que essa planilha – disponível para todos os sistemas de produção na suinocultura – chegue até o produtor rural.
 
“O três Estados defendem o mesmo interesse, entretanto, com metodologias diferentes. Essa planilha vai dar um novo rumo nas associações e entidades envolvidas na suinocultura”, observou o presidente da Associação Paranaense de Suinocultores do Paraná (APS), Jacir Dariva.
 
Segundo ele, com o uso da planilha o suinocultor vai ter uma nova visão sobre a sua atividade. “O produtor vai saber o quanto a mão de obra e alimentação, por exemplo, representam nos custos de produção”. Durante a reunião foi definido um cronograma para divulgar a planilha aos suinocultores da região Sul.
 
Federação da Agricultura do Estado do Paraná – FAEP