O pedido de revisão e agilidade na tramitação do Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal (Riispoa), por meio do decreto 30.691/52 foi o assunto predominante na pauta da reunião entre o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho e representantes de entidades do segmento de exportação de carnes, na manhã desta segunda-feira, 21 de janeiro, na sede da União Brasileira de Avicultura (Ubabef), em São Paulo (SP).
 
O regulamento, na avaliação dos executivos do setor, está defasado desde 1952 e requer atualização para que os padrões de inspeção e normas em frigoríficos, rotulagem, classificação de carnes e produtos, entres outros processos, sofram modificações dentro das normas técnicas mais atuais.
 
As entidades entregaram um estudo preliminar ao ministro, que garantiu empenho em consolidar uma nova formatação e dar prosseguimento para aprovação do Riispoa.
 
“Dentro do possível, vamos regulamentar e avaliar os pontos sinalizados pelas entidades para atender as reais necessidades do setor”, antecipou Mendes. No documento, cerca de 124 itens foram apontados como sugestão para atualização ou revogação das normas, no entendimento dos gestores de cada segmento.
 
Também no encontro, Mendes destacou as ações promovidas pelo ministério para auxiliar os segmentos de aves e suínos, como ocorreu em 2012, buscando antecipar-se a eventuais problemas de desabastecimento.
 
Participaram da reunião o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller, juntamente com o presidente da Ubabef, Francisco Turra, e lideranças da Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs) e Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec).
 
Fonte: MAPA