Com a oferta ajustada à demanda, a cotação do sebo bovino segue estável
 
Segundo levantamento da Scot Consultoria, no Brasil Central, a gordura animal está cotada, em média, em R$2,10/kg, livre de imposto. Estabilidade desde meados de março. Já no Rio Grande do Sul, o sebo está cotado, em média, em R$2,25/kg, nas mesmas condições. Apesar do cenário de estabilidade já perdurar há algum tempo, na comparação anual o preço da gordura animal teve valorização em ambas as regiões (10,5% no Brasil Central e 9,8% no Rio Grande do Sul). Para o curto prazo a expectativa é de que a oferta regulada à demanda mantenha o mercado estável.
 
Fonte: SCOT CONSULTORIA