Skip to main content

São Paulo, 8 – As exportações brasileiras de carne de frango in natura e processada em janeiro recuaram 9,9% em volume na comparação com janeiro de 2020 e totalizaram 291,6 mil toneladas, conforme a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). A receita foi de US$ 434,4 milhões, 17,9% menor que a registrada em igual mês do ano passado. O desempenho das vendas externas de carne suína no mês também foi negativo, com embarques de 63,1 mil toneladas, 7,8% menos que em janeiro do ano passado, e receita de US$ 146,5 milhões, 10,7% abaixo.

“Tanto em aves, quanto em suínos, verificamos que houve compra antecipada de produtos pelos importadores da Ásia, que seguem o calendário chinês”, disse, em nota, o presidente da entidade, Ricardo Santin. “Com a passagem do ano-novo chinês e o início de um novo ciclo de embarques, espera-se que os níveis das vendas para a região retomem aos patamares praticados em 2020. Além disso, o apoio brasileiro no suprimento de produtos a países prejudicados por crises sanitárias animais também pode influenciar na elevação das exportações”, avalia.

 

Fonte: ISTOÉ DINHEIRO