O rebanho bovino mundial reduziu 0,9% nos últimos 10 anos, com 1,01 bilhão de cabeças em 2011, de acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Conforme o órgão, o número de abates aumentou 2,2% no período, passando de 225,01 milhões para 229,88 milhões. Análise da Scot Consultoria aponta que o cenário ocorre em função do aumento de abates em relação ao rebanho (desfrute), que passou de 22% para 22,7%.
A produção de carne também registrou alta. No ano passado, chegou a 56,89 milhões de toneladas equivalente carcaça, ante 56,66 milhões em 2001. A ampliação é de 8%. O incremento em proporção maior do que os abates, segundo a Scot, se deve ao aumento de peso médio de carcaça, que passou de 15,6 arrobas em 2001 para 16,5 arrobas em 2011.
Fonte: Rural BR