Estiveram com secretário de Defesa Agropecuária, Luis Eduardo Rangel, o presidente executivo da Associação Brasileira de Reciclagem Animal – ABRA, Decio Coutinho, acompanhado pelo vice-presidente da entidade, Edson Argenton e o gestor de Mercado Interno, Marcell Porto e Castro, no dia 21, em Brasília. Foi pauta da reunião a continuidade do projeto Recolhe que está sendo executado em Santa Catarina para recolhimento e destinação de animais mortos nas propriedades.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Fernanda Finkler