Skip to main content

O preço médio do suíno independente no Rio Grande do Sul, também conhecido por suíno gaúcho, teve alta de vinte e um centavos e chegou a R$ 2,15 o quilo. O preço mínimo subiu de R$ 1,75 para R$ 1,99. Já o valor máximo passou de R$ 2,21 para R$ 2,47, segundo informações da Associação dos Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (ACSURS).

 
O número de suínos pesquisados ficou em 7.620, com peso médio de 105 quilos. A saca de 60 quilos de milho subiu e foi cotada por um valor médio de R$ 30,30. O preço da tonelada do farelo de soja subiu e chegou a um valor médio de R$ 1.280,00 à vista e a R$ 1.290,00 em 30 dias de prazo, no preço da pedra. Já a cotação agroindustrial ficou entre R$ 1,90 e R$ 2,00 o quilo, valor estável até dez centavos mais alto.
Fonte: Suinocultura Industrial/Agência Safras