A oferta não tem estado boa no mercado do sebo bovino. De acordo com a Scot Consultoria, isso colaborou para a valorização de 5,6% do produto no Brasil Central em somente uma semana. Os negócios ocorrem ao redor de R$1,90 por quilo.

 
A alta acontece apesar de, do lado da demanda, o setor de biodiesel estar menos agressivo nas compras uma vez que o óleo de soja ganhou competitividade.
 
O preço atual da matéria-prima é 11,8% maior que há um mês. Na comparação com o início do ano, a cotação em valores nominais está 12% maior.
 
Frente ao mesmo período do ano passado, houve apreciação de 5,6%, em valores nominais. Naquele período os negócios ocorriam em R$1,80 por quilo.
 
Fonte: Biodiesel BR