A redução da oferta de boi gordo no mercado ajudou a elevar o preço da arroba no mês de abril.
 
 
Em relação ao mesmo período do ano passado, o valor é 4% maior, mesmo assim, Fernando Vilela, que cria 400 cabeças de gado nelore em Marília, no centro oeste paulista, acredita que ainda é cedo para comemorar.
 
 
A oferta de bois no mercado diminuiu porque tem pouco animal pronto para o abate e nas regiões onde o pasto continua alto, por causa da boa quantidade de chuva, os criadores estão segurando o gado para adiar a temporada de confinamento.
Mesmo com a alta no preço da arroba do boi, alguns criadores querem esperar um pouco mais para vender seus rebanhos.
 
 
É o caso de Adamo Crivelli, pecuarista em São Pedro do Turvo. Ele espera que o mercado aqueça ainda mais para tentar obter mais lucro com as vendas. “Temos esperança de segurar mais o gado para vender em junho. O valor de R$ 105 estava bom pra gente”, diz.
 
Fonte: Globo Rural