Contrapostos a dados da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), dados internos revelam que há pouco mais de uma década e meia (1995) o Brasil respondia por volume que correspondia a, aproximadamente, 10% da produção e das exportações mundiais de carne de frango.

Quinze anos depois, em 2010, o volume mundial de carne de frango acumulava aumento de 85%, enquanto a produção brasileira triplicava. Isso correspondeu a um aumento de participação de 64%.

Muito mais significativa, porém, foi a evolução das exportações brasileiras nas exportações mundiais. Entre 1995 e 2009 (último ano disponibilizado pela FAO), elas cresceram, mundialmente, mais de 135%. Mas o volume exportado pelo Brasil cresceu muitíssimo mais. Aliás, mais do que octuplicou, apresentando aumento de 735%, o que significou aumento de participação de quase 255%.

A ressaltar que mais da metade do volume mundial adicional exportado em 2009 (6,178 milhões de toneladas a mais do que em 1995) correspondeu a carne de frango produzida no Brasil.
Fonte: Agrolink