Em abril, o Paraná superou o recorde de exportação em volume. Segundo o Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar), com base nos dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério do Desenvolvimento (MDIC), no mês passado os embarques totalizaram 97,548 mil toneladas, superando o recorde de março, quando foram vendidas ao exterior 95,758 mil toneladas de carne de frango. Ante abril do ano passado, o crescimento foi de 9,33%.

No acumulado do quadrimestre, o volume foi de 359,464 mil toneladas, 8,5% a mais que o embarcado no mesmo período do ano passado, quando as vendas chegaram a 331,381 mil toneladas. Em faturamento, as exportações do Paraná somaram US$ 178,018 milhões no mês passado, alta de 3,5% ante março e de 0,4% na comparação com abril de 2011. No acumulado do ano, o montante foi de US$ 648,055 milhões, avanço de 2,7% com relação aos quatro primeiros meses de 2011.

Entre os destinos que mais cresceram – tanto em faturamento quanto em volume – nas compras da carne de frango paranaense estão China, Hong Kong e Arábia Saudita. A China adquiriu quase 80% mais frango em volume do Paraná no primeiro quadrimestre de 2012 em relação a 2011. Em faturamento o aumento foi de 61,44%. Hong Kong importou 31,13% mais carne de frango em volume, com faturamento 39,54% superior. Considerado o mês de abril dos dois anos esses também foram os destinos que mais importaram a proteína paranaense.

Em abril, o Estado abateu 112,640 mil cabeças, queda de 10,5% ante março. O recorde em produção no ano continua sendo março, com o abate de 125,868 mil cabeças. No comparativo dos primeiros quatro meses de 2012 com relação ao mesmo período do ano passado o aumento foi de 3,5%, passando de 457,13 milhões de cabeças abatidas para 473,35 milhões.
Fonte: Rural BR