A produção de carne bovina da Nova Zelândia deverá aumentar 6,5% em 2012, impulsionada pelos maiores pesos das carcaças e excelentes condições de cria. Os abates de bovinos caíram levemente no final de 2011, devido às boas condições de pastagens que possibilitaram que os produtores mantivessem mais estoques durante os meses de verão.

À medida que os rebanhos leiteiros e de corte aumentam, mais abates de bovinos são esperados devido às reposições. Esse rebanho bovino deverá crescer ainda mais, com 80-90.000 vacas a mais em 2012, a maioria indo para a expansão do rebanho leiteiro. O consumo doméstico não deverá mudar, o que significa que a produção extra estará pronta para exportação.

A reportagem é do Thebeefsite.com, traduzida e adaptad apela Equipe BeefPoint.