Decisão judicial levará a leilão a planta frigorífica do grupo Quatro Marcos localizada em Alta Floresta – MT, no próximo dia 20/abr. Avaliada em R$ 9,8 milhões, a unidade será ofertada para quitar parte da dívida com 400 trabalhadores, estimada em R$ 17 milhões. Pela insuficiência de recursos para o pagamento integral do débito, a Vara do Trabalho da região pode exigir a venda de outra planta do grupo, localizada em Colíder. As duas plantas frigoríficas foram arrendadas ao grupo JBS pela empresa Cardinalle Empreendimentos e Participações, pertencente ao mesmo grupo econômico do Quatro Marcos.

O imóvel em Alta Floresta foi penhorado pela Justiça do Trabalho para pagamentos de processos trabalhistas iniciados em 2008, quando o Quatro Marcos entrou em recuperação judicial. Dessa forma, o valor de mercado da planta industrial estaria desatualizado, sendo avaliado atualmente em R$ 20 milhões. Como a decisão judicial já transitou em julgado, os processos encontram-se em fase de execução.

Segundo informações do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Mato Grosso, caso a planta frigorífica não seja negociada no dia 20, ela irá a leilão novamente no dia 9 de maio. Valor total da dívida do Quatro Marcos, incluindo fornecedores e instituições financeiras, foi estimado em R$ 427,869 milhões. Segundo informações da Vara do Trabalho de Alta Floresta, todos os acordos com os trabalhadores foram desrespeitados pela empresa nos últimos 4 anos.

Consultada sobre o interesse em participar do leilão, o grupo JBS informou por meio da assessoria de imprensa que ainda não há definição quanto à representação no certame, mas que qualquer posicionamento será tomado dentro do prazo, lembrando que “a companhia seguirá, como sempre fez, as determinações da Justiça”. Em todo o Estado, o grupo mantém 10 unidades em operação, distribuídas nos municípios de São José dos Quatro Marcos, Juruena, Juara, Cuiabá, Confresa, Juína, Colíder e Alta Floresta.

Outras duas estão arrendadas, mas inoperantes, em Colíder e Cáceres, conforme a Associação de Criadores de Mato Grosso (Acrimat). Segundo a assessoria do JBS, as unidades arrendadas do frigorífico Quatro Marcos estão em operação e funcionando normalmente.

Em Mato Grosso há 46 plantas frigoríficas em operação e outras 12 paralisadas. Região Norte concentra o maior número de unidades industriais, sendo 11 ao todo, sendo 4 paradas.

Fonte: jornal Gazeta (MT), resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.