O percentual de biodiesel que é adicionado ao combustível dos veículos movidos a óleo diesel pode aumentar de 5% para 15%. É o que determina o Projeto de Lei 5651/2013, do deputado Raul Lima (PSD-RR), em análise na Câmara. 

O deputado explica que, desde 2008, quando efetivamente começou a vigorar a adição de 5%, o biodiesel vem tendo uma história de sucesso contínuo. E que já é hora ampliar esse índice, pois a capacidade de produção instalada da indústria do biocombustível é bem superior ao seu uso efetivo. 
 
 
Vantagens
 
 
Raul Lima enumera entre os benefícios econômicos e sociais do aumento do uso do biodiesel a economia com a importação de óleo diesel, o barateamento do combustível para o consumidor final e a geração de mais empregos e renda na agroindústria nacional. 
 

Do ponto de vista ambiental, o deputado argumenta que o aumento da mistura “vai trazer uma redução mais expressiva na emissão de poluentes atmosféricos e uma melhoria da qualidade do ar e dos padrões de vida nas grandes cidades brasileiras”. 

Tramitação 

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; de Minas e Energia; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. 

Íntegra da proposta: 
PL-5651/2013
 
 
Fonte: Revista Globo Rural