A Missão Chilena encerra hoje a primeira semana de inspeção nas indústrias de Farinhas e gorduras de origem animal.

 
Nesta sexta-feira (10) mais duas empresas recebem a visita dos técnicos chilenos. A missão Chilena tem o objetivo de renovar e habilitar novas plantas para a exportação de farinhas e gorduras para o Chile. A missão foi organizada pela Associação Brasileira de Reciclagem Animal – ABRA e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA.
 
Para as inspeções, foram elaborados dois roteiros, divididos em duas equipes de técnicos chilenos e do MAPA. O primeiro roteiro inspecionou três indústrias do Grupo Faros e o Frigorífico Nicolini.
 
Já no segundo roteiro, foram inspecionadas duas plantas do Grupo JBS Frangosul, uma do Grupo Gonçalves e Tortola – GTFoods e a Folém Indústria e Comércio.
 
Para a Sr. Moira Civeira, responsável pelo acompanhamento da Missão nas plantas do Grupo JBS Frangosul e que buscam a renovação da habilitação de seus produtos para o mercado chileno, a missão é importante para o Brasil pelo grande volume de exportação de farinhas e gorduras de origem animal para o Chile. Ela avalia a participação da ABRA como fundamental para a realização da Missão. “O trabalho da ABRA foi muito produtivo e de excelente aplicação, estavam sempre disponíveis e atualizados sobre a Missão Chilena. Sem a ABRA essa Missão não teria acontecido de forma tranquila e clara”.
 
Entre os produtos que foram inspecionados estão farinha de penas, farinha de vísceras de aves, farinha de carne e ossos mista (bovinos e suínos) farinha de sangue, farinha de carne e osso mista (aves, bovinos e suínos), óleo de aves, óleo de vísceras e farinhas de penas hidrolizadas.