A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, disse nesta quarta, dia 23, que 64 projetos de terminais privados em portos já tiveram chamada pública lançada e aguardam autorização da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). A expectativa é que muitos desses terminais, os primeiros a serem construídos a partir da Lei dos Portos (Lei 12.815/13) aprovada este ano pelo Congresso, tenham as obras inciadas no início de 2014. A previsão é que R$ 10 bilhões sejam investidos.

>>Governo publica decreto que regulamenta Lei dos Portos

Gleisi também defendeu a centralização do processo de licitação de 117 arrendamentos de áreas em Santos e no Pará, com contratos vencidos ou a vencer até 2017, em portos públicos. As licitações fazem parte do primeiro bloco de arrendamentos de terminais portuários. Nos últimos dez anos, apenas 11 áreas foram arrendadas.
 
Fonte: Agência Brasil