A redução nos preços internacionais do milho aliviou a indústria de carnes de aves, mas ainda assim, o setor atravessa um momento delicado em todo o mundo, aponta um relatório divulgado nesta quarta-feira (6/3) pelo Rabobank. 

De acordo com o estudo, nas próximas semanas a situação deve melhorar com altas da carne suína e bovina, o que impõe ao consumidor a opção de escolher uma carne mais barata na hora da compra. 

“Apesar da melhora no cenário, ainda existem riscos relacionados aos custos e oferta”, disse o analista do Rabobank, Nan-Dirk Mulder. “Como os estoques de soja e milho continuam baixos, controlar a oferta será fundamental para que a indústria possa manter suas margens”, diz. 

De acordo com o estudo, a elevação dos preços dos alimentos é o fator que mais influencia o desempenho da indústria global de aves e o equilíbrio entre a oferta e a demanda. 

O relatório aponta uma situação mais equilibrada no Brasil, na Rússia e na Ucrânia, com margens de lucro mais elevadas para a indústria, oferta controlada e demanda crescente, mas o cenário é complicado para os mercados da África do Sul, Índia e Tailândia, que tem excesso de oferta. 

Na opinião dos especialistas da instituição, apesar de melhoras no cenário, o desempenho das indústrias em 2013 vai depender muito da volatilidade dos preços internacionais dos grãos. “Mas ainda há incertezas em relação aos estoques e à produção de grãos”, diz Mulder. 
 
 
Fonte: Revista Globo Rural