A necessidade de priorizar a aplicação de recursos na defesa agropecuária foi o compromisso firmado nesta terça-feira (28) entre a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu, e os governadores presentes à abertura do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura, em São Paulo. “É preciso um compromisso público com a defesa da agropecuária”, disse a ministra, ao comentar as iniciativas do governo para ampliar as exportações do setor.
 

“Se o orçamento do ministério tivesse apenas R$ 1, ele iria para a defesa agropecuária”, afirmou. Segundo ela, não adianta ter uma boa logística no País se não há garantia de saúde animal. A ministra se referia ao desafio do aumento das exportações brasileiras e a conquista de novos mercados, que tem como um dos obstáculos a certificação de defesa agropecuária.

 
No discurso de abertura do evento, Kátia Abreu disse aos governadores e empresários presentes que esse compromisso com a defesa agropecuária deve ser prioritário. Ela estimulou os empresários a se juntarem ao esforço do ministério na conquista de novos mercados, sem distinção alguma: “As empresas preferidas do ministério são todas”.
 

A abertura do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura contou com a participação de vários governadores e empresários do setor. Estavam presentes, entre os governadores, o de São Paulo, Geraldo Alckmin, o de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, o do Paraná, Beto Richa, e o de Santa Catarina, Raimundo Colombo, o de Goiás, Marconi Perillo, além do ministro dos Portos, Edinho Araújo.
 
Fonte: MAPA