A JBS anunciou nesta quinta-feira (31) reativará sua unidade de Presidente Epitácio (SP). Serão retomados os trabalhos em todas as áreas da indústria a partir da próxima terça-feira (5), com exceção do abate de animais, informou a empresa.

Inicialmente, a unidade produzirá aproximadamente 9,5 mil toneladas de carne por mês, volume que poderá ser ampliado conforme as condições de demanda dos mercados interno e externo se mostrarem favoráveis, afirma a JBS em comunicado ao mercado. A unidade de Presidente Epitácio será abastecida com matéria-prima proveniente de outras unidades da companhia.

O frigorífico ficou fechado por cerca nove meses. Em setembro, a companhia informou que a razão para o fechamento era a ineficiência fiscal, decorrente da legislação tributária de alguns Estado.

A reabertura da unidade representará mais de 700 novos postos diretos de trabalho.

"A reabertura acontece após um esforço do governo do Estado de São Paulo, com envolvimento direto do governador e toda sua equipe de secretários. A retomada das atividades reaquecerá a economia do município, gerando empregos à população e arrecadação ao Estado", disse a empresa.

A fábrica de Presidente Epitácio foi construída no fim da década de 1970 e tem sido administrada pela JBS desde 2001. As operações foram interrompidas em setembro de 2011.

A devolução de créditos do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), que aumentou de 3% para 4% sobre o valor da carne vinda de outros Estados, pesou na decisão do grupo de reabrir o frigorífico. Nem o Grupo JBS nem o governo do Estado informaram o valor repassado.

Com origem em Goiás, o JBS teve no ano passado um faturamento de R$ 62 bilhões no mundo inteiro. No Brasil, a empresa mantém 44 unidades que empregam 60 mil trabalhadores. Além do Brasil, o grupo tem frigoríficos em outros oito países, entre eles EUA, Austrália, China, México e Itália. Os outros são do Mercosul: Argentina, Paraguai e Uruguai. Os alimentos, incluindo frango e laticínios, são vendidos em mais de cem países.

Fonte: G1