A JBS registrou um lucro líquido de R$ 482,5 milhões no segundo trimestre de 2013. O resultado é mais do que duas vezes maior que o registrado no mesmo período do ano passado e representa um crescimento de 28,8% em comparação ao primeiro trimestre deste ano. O lucro líquido reportado pela companhia no período foi de R$ 338,5 milhões, valor que considera a parcela de imposto de renda diferido no Brasil e no exterior, sem representar, contudo, desembolsos de caixa.
 
Entre abril e junho de 2013 a JBS obteve uma receita líquida de R$ 21,9 bilhões. O valor representa um incremento de R$ 3,4 bilhões sobre as vendas do mesmo período do ano passado, ou seja, 18,7% superior ao segundo trimestre de 2012, dos quais 70% advêm de crescimento orgânico. Com isso, o Ebitda da companhia no período foi de R$ 1,66 bilhão, desempenho 64,7% maior que o do segundo trimestre do ano passado.
 
Os bons resultados obtidos pela JBS no último período permitiram uma geração de caixa operacional de R$ 886,7 milhões, sendo R$ 563 milhões de geração de caixa livre. Diante disso, a JBS encerrou o segundo trimestre de 2013 com R$ 7,2 bilhões em caixa, além de possuir mais de US$ 1,2 bilhão em linhas de crédito disponíveis para a companhia.
 
O grau de alavancagem a JBS recuou de 3,40x no primeiro trimestre de 2012 para 3,21x ao fim do segundo trimestre, desconsiderando parte da dívida assumida junto à Marfrig na operação de compra da Seara. Ao incluir esse valor, a alavancagem da JBS no período foi de 3,28x. A concretização da operação ainda depende da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).
 
JBS USA

Nos Estados Unidos, a JBS registrou um aumento da demanda por carne bovina no segundo trimestre do ano e apresentou uma forte recuperação no desempenho de suas operações, saindo de um Ebitda negativo de US$ 25,1 milhões no primeiro trimestre deste ano para um resultado positivo de US$ 161,7 milhões no último período. Os resultados foram impulsionados pelo aumento nas vendas para países asiáticos. Os embarques americanos para o Japão cresceram 40% em relação ao primeiro trimestre de 2013, enquanto as vendas externas da Austrália para a China avançaram 22%.
 
Com um lucro líquido de US$ 190,2 milhões, a Pilgrim’s, unidade de carne de frango da JBS nos Estados Unidos, apresentou resultados significativos. A receita da unidade de negócios avançou 10,6% no segundo trimestre em comparação ao mesmo período do ano passado e atingiu US$ 2,2 bilhões. O Ebitda do período alcançou US$ 265 milhões, com avanço de 110%, elevando a margem Ebitda para 12,1%. A Pilgrim’s tem buscado estar cada vez mais próxima aos seus clientes e juntamente com os benefícios conquistados pela excelência operacional a unidade de negócio segue em forte ritmo de crescimento.
 
As vendas de carne suína também tiveram bons resultados no segundo trimestre, com vendas totais de US$ 868,5 milhões, aumento de 3% em comparação ao mesmo período do ano passado. O aumento da demanda do mercado permitiu um reajuste gradual nos preços da carne suína.
 
JBS Mercosul
 

As vendas da JBS Mercosul somaram R$ 5,4 bilhões no segundo trimestre, valor que representa um crescimento de 25,8% em comparação ao mesmo período do ano passado. O resultado se deve ao aumento do número de animais processados no período e também às exportações dos países do bloco, que aumentaram 63,3% em comparação ao segundo trimestre de 2012, impulsionadas principalmente pelo Brasil. Esse desempenho permitiu à unidade de negócios gerar um Ebitda de R$ 543,5 milhões, com margem de 10%.
 
Fonte: Ave World