Em junho deste ano, a JBS, empresa pertencente à holding J&F, da família Batista, oficializou a compra da Seara Brasil, unidade de aves, suínos e alimentos processados anteriormente controlada pela Marfrig Alimentos. A operação, avaliada em R$ 5,85 bilhões, envolveu ainda a aquisição da Zenda, negócio de couro do grupo Marfrig com sede no Uruguai.

Com a compra, o faturamento anualizado do JBS atingiu R$ 100 bilhões, o que fez o frigorífico ultrapassar a Vale e se tornar a segunda companhia não financeira do Brasil, atrás apenas da Petrobrás.
 
Fonte: Valor Econômico