Com a migração do consumo da carne bovina para o frango causada pela crise, a JBS Foods (unidade de negócios da JBS especializada em aves, embutidos e massas) espera crescer neste ano mais do que em 2014.
 
A empresa concentrará suas ações na marca Seara e investirá em opções de substituições de proteína com tíquete médio maior, como embalagens de frango individuais ou que vão direto ao forno e não requerem manuseio.
 
“O frango é mais competitivo e tem apelo saudável. Acreditamos que ele tem uma oportunidade de inovação grande”, diz Gilberto Tomazoni, presidente da JBS Foods. “Obviamente, o produto mais prático é mais caro, se comparado à opção básica, mas ainda assim é mais acessível que outra proteína.”
 
Além da queda na renda do consumidor, a empresa percebe outros desafios no cenário econômico atual, como custos estruturais que pressionam as margens.
 
“O aumento da produtividade é fundamental para mantermos competitividade em um mercado restrito, não mais de vento em popa como no passado.”
 
A JBS Foods projeta lançar neste ano 60 produtos em seu portfólio. Em 2014, foram 70.
 
Fonte: Folha de São Paulo, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.