A companhia do setor de alimentos que mais avançou para evitar o desmatamento em sua cadeia produtiva foi a JBS, de acordo com o relatório sobre os compromissos e ações das grandes empresas em relação à sustentabilidade da entidade internacional CDP – Driving Economies Sustainable. Em produtos agrícolas, a que mais progrediu foi a asiática Wilmar.
 
O relatório analisa os resultados de 152 empresas em todo o mundo. A entidade divulga, para investidores globais, dados corporativos sobre mudanças climáticas, água e florestas.
 
Em nota, a JBS afirmou que possui um sistema de monitoramento socioambiental de seus fornecedores que utiliza imagens de satélite, dados georeferenciados e informações dos órgãos oficiais. “A JBS passou a monitorar toda a sua cadeia, analisando diariamente mais de 60 mil fornecedores de gado no Brasil com relação a um conjunto de critérios socioambientais. Todo esse processo é auditado anualmente, de forma independente, para garantir total transparência de nossas operações”, diz Márcio Nappo, diretor de sustentabilidade da empresa.
 
Fonte: Globo Rural, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.