Skip to main content

O impacto da indústria doméstica de carnes vermelhas e de aves na economia dos Estados Unidos excedeu US$ 1 trilhão pela primeira vez, de acordo com o último estudo feito pelo Instituto Norte-Americano de Carne (NAMI). Esse dado, que representa 5,6% do produto interno bruto (PIB) do país, foi calculado usando dados de todos os tipos de produtores de carnes vermelhas e de aves, atacadistas e varejistas como parte do projeto de pesquisa “Meat Fuels America”, conduzido pela John Dunham & Associates, de Nova York. Isso incluiu seis critérios de pesquisa, cobrindo estudos de impactos econômicos e envolveu membros diretos da indústria (processadores, por exemplo), participantes indiretos (fabricantes de equipamentos, entre outros) e participantes induzidos da indústria (como restaurantes na rua de plantas importantes). Os resultados cobrem 2014, o último ano em que há dados disponíveis.
Os destaques do estudo são: A indústria tem um valor de cerca de US$ 1,02 trilhão. É maior que a indústria de caminhões dos Estados Unidos, que a indústria de fast food e que a indústria legal. É quase tão grande quanto o governo dos Estados Unidos (excluindo o Departamento de Defesa). Os processadores de carnes vermelhas e brancas, os atacadistas e os varejistas empregam quase 2 milhões de americanos. Os trabalhadores da indústria ganharam US$ 71,6 bilhões em salários e benefícios anuais. A indústria pagou mais de US$ 108 bilhões em impostos diretos federas, estaduais e locais, com os consumidores pagando US$ 3,26 bilhões em impostos estaduais sobre produtos de carnes vermelhas e de aves. 
O estudo do NAMI também destaca o impacto econômico da indústria de carnes vermelhas e brancas nas áreas rurais do país, com os três principais distritos em termos de produção de carnes estando em Nebraska. Os segundos três distritos estão em Arkansas, onde estão a maioria dos produtores de aves. Califórnia, Texas e Illinois são os três maiores estados em termos de produção direta de carnes vermelhas e brancas, com a Califórnia sendo responsável por mais de US$ 32 bilhões em produção anual.
 
Fonte: Meatingplace.com