Skip to main content

Inicia amanhã e vai até o dia 26 de novembro o III International Fish Congress & Fish Expo (IFC 2021), em Foz do Iguaçu (PR). O estande da ABRA na feira promete ser espaço de oportunidades.

Representando o setor de reciclagem animal brasileiro no IFC, a ABRA criou materiais especiais de divulgação totalmente voltados para o setor do pescado, que serão distribuídos ao público. Além da representação presencial, a Associação também criou um site especial, com dados sobre o processamento de resíduo do pescado e as vantagens de ser um fornecedor para as indústrias de reciclagem animal. Acesse e conheça, clicando aqui.

O objetivo deste trabalho é destacar as indústrias associadas e o setor de reciclagem animal, promovendo as oportunidades certas para multiplicar resultados.

 

Sobre o IFC

O IFC 2021 contará com um Congresso Internacional com mais de 40 conferencistas de 18 países, Feira de Negócios com mais de 100 estandes e Rodada de Negócios SEBRAE – agenda repleta de especialistas nacionais e internacionais, além de tradução simultânea. O IFC 2021 é o maior encontro do pescado no Brasil e traz a proposta de unir o setor e entidades, promovendo diálogos, aproximando, definindo pautas e estratégias comuns.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e o Secretário Nacional de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif, estão oficialmente confirmados para participar do evento, que reunirá todos os elos da cadeia produtiva de pescados e trará o melhor em tecnologias e serviços, com debates entre as principais lideranças do setor, empresários, pesquisadores, professores, profissionais da aquicultura e pesca e prestadores de serviços.

Foto: Alan Santos/PR

Cooperação 

O tema geral do IFC 2021 – Das águas à mesa do consumidor: por uma cadeia competitiva, sustentável e focada no mercado global – oferece uma ideia geral da abrangência do evento.

O III International Fish Congress tem a coorganização da Fundação de Apoio ao Ensino, Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação (FUNDEP) e da UNIOESTE com patrocínio do SEBRAE e apoio da Secretaria Nacional de Aquicultura e Pesca (SAP) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Governo do Estado do Paraná, Associação Brasileira de Reciclagem Animal (ABRA), Associação de Produtores de Peixes do Brasil (Peixe BR), Associação das Indústrias de Pesca (ABIPESCA), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Agência de Fomento do Paraná, Sanepar e Copel. O IFC 2021 conta ainda com o apoio da Organização das Cooperativas do Paraná (OCEPAR) e Sistema FAEP/SENAR-PR.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação ABRA
Luísa Schardong, jornalista, MTB/RS 0018094