A cidade paranaense de Maringá é sede da GTFoods Group, um processador de carne de frango que desenvolveu um modelo de negócio integrado que abrange todas as etapas do setor avícola, da produção de ração, passando pela criação e abate, até a distribuição. A GTFoods possui 26 unidades no Paraná que incluem cinco núcleos de recria de matrizes com capacidade para até 352 mil fêmeas e 51 mil machos, três locais de produção de ovos que fornecerão 9,5 milhões de ovos por mês até 2015 e um incubatório com capacidade de produção de 10 milhões de pintainhos por mês.
 
Tem quatro plantas de abate com uma capacidade combinada de 390 mil aves por dia (dentre elas a planta em Maringá é retratada neste slideshow), duas fábricas que produzem mais de 40 mil toneladas por ano de farinha e óleo destinadas à ração animal, e quatro de suas próprias plantas para a produção mensal de 90 mil toneladas de ração.
 
A companhia é apoiada por 68 granjas próprias que abrigam um total de 2,244 milhões de aves, e ainda por mais de 900 agricultores de terceiros espalhados pelo Paraná e por Santa Catarina, com capacidade de alojamento para mais de 22 milhões de aves. Com quatro marcas em seu portfólio que abastecem os mercados interno e externo, a GTFoods processou mais de 200 mil toneladas de carne de frango em 2013, ante 170 mil toneladas em 2012. Espera-se atingir 300 mil toneladas até o fim deste ano. A empresa exportou 54,3 mil toneladas de carne de frango em 2013 para mais de 50 países.
 
Fonte: CarneTec