Skip to main content

Diante de uma plateia lotada de agricultores familiares e empresários do agronegócio, o governador Silval Barbosa assinou em Nova Marilândia nesta quinta-feira convênio com a prefeitura para perfuração de 18 tanques de piscicultura no município. Ele entregou 27 títulos de regularização fundiária, um veículo para a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), além de inaugurar 15 quilômetros de asfalto da MT-160, no entroncamento da BR-364, que dá acesso à cidade. Sob fogos de artifício, Silval Barbosa participou ainda da ampliação da Biopar – Produção de Biodiesel Parecis Ltda.
 
Os títulos fundiários são referentes a assentamentos rurais da região e os 18 tanques, com investimento de R$ 68,8 mil, também vão contemplar os pequenos produtores. Eles devem entrar em contato com a prefeitura para efetuar o cadastro, a ser avaliado para a distribuição dos tanques. “A regularização fundiária vai ser muito boa para os assentados, pois vai permitir, por exemplo, a busca por financiamento. Com isso, vamos investir mais na propriedade”, comemora Djalma dos Santos, 52, que cultiva dois alqueires de terra há seis anos.
 
Produtora de hortaliças e frutas, Maria Aparecida de Souza, 40, mora em assentamento há nove anos e avalia as possibilidades que o título da terra proporciona. “Vai gerar muitas mudanças. Com o título em mãos, vou poder ser incluída em outros programas de desenvolvimento da agricultura familiar”.
 
Da mesma forma, o prefeito Wener dos Santos demostra otimismo com o investimento em infraestrutura. “O governador veio trazer recursos para o desenvolvimento do município, exemplo disso é o asfalto que liga a BR-364 a Nova Marilândia, que vai facilitar o escoamento de grãos”. Silval Barbosa ressalta que o Estado tem investido pesado em todos os setores para atender as demandas das 141 cidades.
 
Revolução do Biodiesel
 
Com atuação no ramo de óleos de soja e algodão, sebo bovino e graxearia, a Biopar passa por uma transformação, com impacto na geração de emprego e renda no município, ao ampliar o complexo industrial. Com a inauguração do novo setor, vão ser produzidos 380 metros cúbicos de biodiesel ao dia. “Indústrias como a Biopar são exemplos da confiança obtida pelo nosso Estado. A partir de agora, a agricultura familiar terá ainda mais oportunidades. Quando as pessoas investem em indústria, o Estado vem atrás. Somos parceiros do município e temos investido muito aqui”, frisou o governador.
 
O diretor da indústria, José Vagner dos Santos, agradeceu ao empenho do Executivo na empreitada. “Se não fosse o apoio do Governo do Estado, não teríamos indústria de biodiesel em Mato Grosso. A indústria do biodiesel irradia a agricultura familiar”.
 
A Biopar gera aproximadamente 78 empregos diretos e beneficia indiretamente os pequenos produtores rurais.
 
Fonte: O documento