A França convocou uma reunião de emergência dos ministros da Agricultura do G-20, em um esforço para evitar uma crise global de alimentos como a de cinco anos atrás. O país informou que a reunião será realizada em Roma no dia 16 de outubro, data designada pelas Nações Unidas como Dia Mundial dos Alimentos. Os ministros vão discutir problemas da oferta de grãos e soluções para atenuar a volatilidade dos preços.

 
A seca durante o verão do Hemisfério Norte danificou lavouras de vários países, impulsionando os preços internacionais de grãos e oleaginosas. Nos Estados Unidos, os prejuízos causados pela estiagem elevaram o milho e a soja a máximas recordes na Bolsa de Chicago (CBOT). Isso despertou temores de que o mundo poderá ver uma repetição da crise alimentar de 2007/08.
 
O comunicado sobre a reunião do G-20 foi divulgado depois que o presidente da França, François Hollande, se encontrou com o diretor da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), José Graziano da Silva, para discutir questões de segurança alimentar e regulação de mercados globais de commodities agrícolas.
 
“Hollande e Da Silva levantaram o tema da formação de estoques emergenciais de alimentos. Eles avaliam que a criação de orientações sobre esse tema seja necessária para a melhoria da gestão (da segurança alimentar)", informou a nota.
 
Fonte: Rural Br
Foto: Rural Br