O mercado acionário da China e as flutuações cambiais são de curto prazo e o país pode manter uma taxa de crescimento econômico de média a alta, afirmou na segunda-feira o vice-ministro das Finanças, Shi Yaobin.
Shi falou a repórteres após se reunir com o ministro das Finanças britânico, George Osborne, que visitou Pequim.
Uma série de dados fracos sobre a atividade combinados com fortes variações nos mercados acionários e uma inesperada desvalorização cambial em agosto alimentaram temores de que a economia chinesa pode estar desacelerando com mais força do que esperado, colocando em risco a meta de crescimento de Pequim para 2015 de 7 por cento.
 
(Reuters) (Ben Blanchard)