Os bons resultados das exportações têm sustentado os preços da carne de frango no mercado brasileiro, de acordo com dados do Centro de Pesquisas Avançadas em Economia Aplicada (Cepea).

No acumulado de junho (de 31 de maio a 21 de junho), a valorização mais intensa do frango inteiro resfriado foi de 11,1% na região Pará de Minas (Minas Gerais), com média de R$ 3,12 o quilo na quinta, 21. Quanto ao congelado, segundo levantamentos do Cepea, o aumento foi de 9% em Pará de Minas, a R$ 3,05 o quilo.

No segmento produtivo, a redução do alojamento de pintinhos em abril tem refletido em menor oferta de animais para abate em junho, resultando em aumento nos preços do frango vivo. No Estado de São Paulo, o preço médio pago pelo animal já aumentou 11,8% na Grande São Paulo no acumulado de junho, a R$ 1,88 o quilo na última quinta, conforme dados do Cepea.

Quanto às exportações, o volume em maio foi de 338,4 mil toneladas, a maior quantidade já vendida pelo País – considerando-se a série história da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).
Fonte: Rural BR