As exportações brasileiras de carne bovina in natura atingiram um novo recorde em setembro, colaborando para manter os preços do boi firmes no mercado doméstico no início de outubro, segundo informações divulgadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) na quinta-feira (04)

O volume de vendas externas de carne bovina in natura somou 150,66 mil toneladas em setembro, alta de 4,3% ante agosto e 34,6% acima do registrado no mesmo período do ano passado, conforme dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços compilados pelo Cepea. O indicador do boi gordo Esalq/BM&FBovespa registrou média de R$ 150,55 nos primeiros dias de outubro – o maior valor em termos nominais em dois anos e o maior em termos reais desde março deste ano. Além do forte volume de exportações, a menor oferta de animais para abate também influencia os preços do boi gordo, disse o Cepea em nota.

Fonte: CARNETEC