Os consumidores americanos estão dispostos a pagar mais pelos produtos de carne que são rotulados e relacionados a padrões de produção que sejam bons para o meio-ambiente – como conservação da água na produção de carne bovina -, de acordo com um novo estudo.
 
O estudo, liderado por pesquisadores da Universidade do Estado de Washington, descobriu que os consumidores que pagam 10% mais pelos produtores rotulados como bons ao meio-ambiente poderiam ter uma influência impactante na conservação da água na produção pecuária. Baseado no volume de 11,8 bilhões de quilos de carne bovina americana produzida em 2013, a pesquisadora, Robin White, estimou que entre 76 bilhões e 126 bilhões de galões de água poderiam ser economizados por ano como resultado desses rótulos.
 
“É importante saber que pequenas mudanças no lado do consumidor podem ajudar e, de fato, podem ser necessárias para se alcançar grandes resultados em um sistema de produção”, disse ela, que conduziu a pesquisa como parte de estudos de doutorado no Departamento de Ciências Animais da WSU. Ela disse que as áreas onde o uso da água poderia ser reduzido na produção pecuária incluem melhor manejo do pasto e maiores esforços de sustentabilidade. Rótulos mais efetivos também cobririam os custos dessas medidas, que pode aumentar os custos aos produtores, disse White.
 
Fonte: meatingPlace.com, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.