Premiação reconhecerá conduta ética e boas práticas de governança de empresas do agronegócio
 
Desde o dia 1º de fevereiro estão abertas as inscrições para o Selo Agro+ Integridade, prêmio de reconhecimento às empresas do agronegócio que adotam práticas de governança e gestão capazes de evitar desvios de conduta e de fazer cumprir a legislação, em especial a Lei Anticorrupção (Lei 12.846, de 1º de agosto de 2013).
O Selo foi lançado em cerimônia no Palácio do Planalto, em 12 de setembro de 2017, pelo presidente Michel Temer e o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi.
As inscrições seguem até 31 de maio e serão feitas exclusivamente no site do Mapa por meio do link Questionário de Inscrição
Estão aptas à premiação empresas do agronegócio de pequeno, médio ou grande porte, de qualquer ramo da cadeia produtiva – atuando de forma associada, consorciada ou não – inclusive as cooperativas.
As empresas poderão utilizar o selo em seus produtos e campanhas publicitárias pelo período de 1 ano. A premiação também servirá de apoio na demonstração de práticas de integridade para fins de empréstimos oficiais.
 
Processo de obtenção do Selo

No período de março a maio, a Secretaria Executiva, responsável pela ação operacional do Selo Agro+ Integridade, acompanhará as inscrições, esclarecerá dúvidas e avaliará a documentação.
Em setembro, a seleção das empresas será homologada pelo Comitê Gestor do Selo, integrado por representantes do Mapa, Embrapa, Ministério da Transparência Controladoria Geral da União (CGU), Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA), Confederação Nacional da Indústria (CNI), Brasil Bolsa Balcão (B3), Federação Brasileira de Bancos (Febraban) Instituto Ethos e Alliance for Integrity, entidade vinculada ao Governo da Alemanha.
A premiação será entregue oficialmente em Brasília no Dia da Agricultura, 17 de outubro. 
 
Fonte: Portal Apex-Brasil