O dólar à vista no balcão opera sem uma direção definida desde a abertura dos negócios desta sexta-feira (3). A valorização da moeda no exterior, com dado positivo dos Estados Unidos, poderia sustentar uma alta ante o real. Porém, alguns investidores realizam lucros, mas sem ajustar fortemente suas posições, no aguardo do primeiro turno das eleições presidenciais no Brasil neste domingo.
 
Os números divulgados nos EUA deram força ao dólar ante o euro, o iene e moeda relacionadas as commodities. Também ajudaram o dólar à vista no balcão a alcançar a máxima de R$ 2,505 mais cedo. Porém, o clima eleitoral e a cautela antes do pleito marcado para domingo limitam o avanço do dólar. A moeda à vista no balcão subia 0,12%, a R$ 2,491, às 11h12min.
 
Fonte: Jornal do Comércio, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.