Em 12 meses, o dólar acumula valorização de 9,6%, passando de R$ 1,98 em maio/12 para R$ 2,17 em junho/13, enquanto o preço médio da carne em dólar caiu 8,4% no mesmo período. 
 
 
Segundo pesquisadores do Cepea, a queda nos preços da carne de boi exportada pode ser atribuída ao desaquecimento da economia global, principalmente de países emergentes, como a China.
 
 
Apesar do cenário externo desfavorável, o Brasil vem conseguindo manter o volume de carne in natura embarcado. No mercado interno, no final de julho, o ritmo de negócios foi lento. 
 
 
A oferta de animais para abate segue em descompasso em relação à demanda, dificultando as negociações para o início de agosto. Entre 24 e 31 de julho, o Indicador do boi gordo ESALQ/BM&FBovespa teve baixa de 1%, fechando a R$ 102,05 no dia 31.
 
 
Fonte: Cenário MT