Dipoa amplia descentralização de análise de processos

Por 28 de maio de 2018junho 2nd, 2020Sem comentários

O Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) dá continuidade a uma ação (Oficio 373/2013) iniciada em outubro do ano passado, que estabelece a descentralização dos processos administrativos relacionados a projetos de reforma e ampliação de estabelecimentos de produtos de origem animal.
Segundo o diretor do Dipoa, Leandro Feijó, a ação tem como objetivo agilizar o retorno dos processos ao setor privado e permitir que as divisões de inspeção do departamento foquem seu trabalho nas atividades de normatização e gestão. “A ação diminui a burocracia e o setor produtivo é atendido de forma rápida e com qualidade, acrescenta Feijó”.
A primeira reunião que padronizou a viabilização desta descentralização ocorreu no Paraná com técnicos deste estado, de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul. Estes se unem à Santa Catarina, que já foi descentralizada para esse tipo de análise, por meio deste ofício. Sendo assim, totalizam seis estados da federação com autonomia para análise de processos de reforma e ampliação, conferindo a estes maior responsabilidade para tratar do tema em questão.
Está previsto para o segundo semestre outra reunião que vai abranger os estados não contemplados nesta etapa. Além disso, não só o setor de inspeção de suínos, mas também as demais divisões do Dipoa que estão se organizando para a ampliação e concretização de suas respectivas descentralizações.
Fonte: MAPA