A Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), vinculada à Secretaria de Agricultura (Seagri), intensificou as ações de combate ao abate bovino clandestino no Estado no início deste ano. Aproximadamente 1,5 tonelada de pele, carne e mocotó foi apreendida nas regiões de Jequié e Guanambi na última semana.

 
Nos municípios de Urandi e Pindaí, foram notificadas duas salgadeiras irregulares e apreendidos 900 quilos de peles salgadas. A operação foi realizada pelo corpo técnico da Adab, com o apoio da Polícia Militar.
 
Uma segunda ação, desta vez desencadeada por uma denúncia anônima, foi realizada por fiscais na BR-116, na região de Jequié. Um veículo de modelo Strada, cor branca, oriundo de Jaguaquara, carregado com aproximadamente 500 quilos de carne bovina e mocotó foi apreendido por estar sem nota fiscal e transportando a carga fora das condições higiênico-sanitárias determinadas pela legislação vigente. O material foi descartado no aterro sanitário da região e o infrator, encaminhado para a delegacia.
 
Fonte: Rural BR