Os custos de produção de frangos e suínos medidos pela Central de Inteligência de Aves e Suínos (CIAS) da Embrapa caíram em outubro, na comparação com setembro, impactados pela redução nos custos de nutrição.
 
O índice que mede o custo de produção de frango ICP/Frango caiu 1,63% em outubro em relação a setembro, após dois meses consecutivos de alta, afetado principalmente pela redução de 2,44% no custo de nutrição. O custo de produção de frango de corte vivo no maior estado produtor do país, o Paraná, ficou em R$ 2,90/quilo, uma queda de R$ 0,05 em relação ao custo de setembro, que tinha sido o maior valor mensal do ano. De janeiro a outubro, o ICPFrango acumula alta de 17,01%. Já o custo do suíno medido pelo ICPSuíno caiu 2,69% em outubro, diante de uma queda de 2,65% no custo de nutrição. Em Santa Catarina, maior produtor de suínos do país, o custo de produção do suíno vivo ficou em R$ 3,97 por quilo em outubro, ficando abaixo de R$ 4 pela primeira vez desde abril. No ano, o ICPSuíno cai 13,3%.

Fonte: CARNETEC