Os custos de produção de suínos e de frangos de corte tiveram variações opostas em outubro. O ICPSuíno/Embrapa baixou 1,33% na comparação com setembro, chegando aos 170,24 pontos. Já o ICPFrango/Embrapa subiu 1,09% na relação com o mesmo período, passando para 158,37 pontos. Os índices são divulgados pela CIAS (Central de Inteligência de Aves e Suínos) da Embrapa Suínos e Aves de Concórdia (SC), unidade descentralizada da empresa de pesquisa agropecuária vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

A análise completa, incluindo os custos de produção dos 11 principais Estados produtores do país, está no site da CIAS, a Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa, no endereço www.cnpsa.embrapa.br/cias, clicando em "custos de produção" no menu principal.

Os índices de custos de produção foram criados em 2011 pela equipe de socioeconomia da Embrapa Suínos e Aves e da Conab. O ICPFrango/Embrapa origina-se a partir de resultados de custos de produção do Estado do Paraná, para o aviário tipo climatizado em pressão positiva, modelo referencial de produção. Já o ICPSuíno/Embrapa é obtido a partir de resultados de custos da produção de suínos em sistema tipo “ciclo completo” para o Estado de Santa Catarina.
 
Fonte: Avisite