Skip to main content

Mas no acumulado do ano, o custo de produzir ainda supera 2015. Pelo segundo mês consecutivo foi registrada queda nos gastos com ração
 
Os custos de produção de suínos e de frangos de corte voltaram a cair em agosto, mostra levantamento da Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa. 
O ICPSuíno/Embrapa recuou 0,46%, para 246,70 pontos, ante 247,85 em julho. Já o ICPFrango caiu 2,65%, para 219,28 pontos, contra 225,24 no mês anterior. Pelo segundo mês consecutivo foi registrada queda nos gastos com ração.
Mas no acumulado do ano, o custo de produzir ainda supera 2015, destaca a Embrapa. O ICPSuíno acumula altas de 19,87% no ano e de 28,73% nos últimos 12 meses. Já o ICPFrango tem em 2016 um aumento de 9,84%, chegando a 21,70% nos últimos 12 meses.
"Em junho deste ano, os dois índices chegaram à pontuação recorde, de 242,32 pontos para os custos de produção dos frangos de corte, e de 253,74 pontos para os de suínos", afirma a entidade.
 
Fonte: Globo Rural