Skip to main content

O ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella assinou nesta manhã (25), convênio com o Governo do Rio Grande do Norte, para o financiamento do Projeto Velas ao Vento, que visa à melhoria da infraestrutura e capacitação tecnológica do pescador artesanal.

 
O projeto promoverá cursos, ao longo deste ano, sobre equipamentos de georreferenciamento (GPS), manutenção de motores de rabeta e substituição e reformas de velas de paquete. Cerca de 870 pescadores serão capacitados.
 
“Com este projeto os pescadores terão muito mais segurança para sair ao mar. Aprender sobre GPS é fundamental para o profissional da pesca, ressaltou o presidente da Confederação Nacional de Pescadores, Abraão Lincoln.
 
Crivella firmou também convênio com a Prefeitura de Pedra Grande no valor de R$1,1 milhão para a construção de um Centro Integrado de Pesca Artesanal e da Aquicultura (CIPAR), no município.
 
Durante o evento, foram assinados contratos de crédito disponibilizados pelo Plano Safra da Pesca e Aquicultura, em parceria com o Banco do Nordeste, para pescadores e aquicultores. Um deles é para a ampliação do Polo de Tilapicultura, no Mato Grande.
 
“Mato Grande produz mais de 5 mil e 600 toneladas de pescado por ano. O Plano Safra foi feito pela presidenta Dilma para ajudar pescadores e aquicultores. Precisamos usar esse dinheiro. Com mais tilápia em tanques escavados será possível aumentar a nossa produção de pescado, baixando o preço, aumentando consumo e melhorando a saúde do nosso povo”, disse Crivella.
 
Novas Carteiras
 
Na solenidade, o ministro entregou as novas carteiras de pescador com a tecnologia QR CODE e sem prazo de validade, além de uma unidade móvel odontológica que vai percorrer as colônias para prestar atendimento aos pescadores e aquicultores.
 
“A ambulância possui equipamentos de raios-X, cadeira odontológica de última geração, gerador de energia, ar condicionado de 9 mil BTU, reservatório de água e tem condições de realizar tratamentos complexos. Acabou o tempo que a única opção do pobre era arrancar o dente”, afirmou o ministro.
 
Para a governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, o setor pesqueiro está vivendo um grande momento. “Agora a gente está vendo uma luz no fim do túnel. A pesca, uma atividade nobre, está sendo apoiada desde a capacitação até a saúde”, ressaltou Rosalba.
 
Fonte: Ministério da Pesca e Aquicultura