O empresário encontra o pescador numa praia ensolarada, deitado numa rede à sombra de uma árvore e lhe pergunta : Por quê você não está pescando agora ? Assim poderia pescar mais, comprar outros barcos, expandir, vender …  mais tarde você poderia ficar numa boa, só descansando. O pescador sorri e lhe diz : já tenho tudo isto, não preciso trabalhar mais.
 
Para os que já estão enjoados com a propaganda do banco que repete a história acima a cada cinco minutos na televisão, minhas sinceras desculpas, mas imagino que talvez se perguntem o que é que isto tem a ver com reciclagem animal ? Na verdade nada, porém eu também posso perguntar :  O quê move o empreendedor ? Por quê alguém que muitas vezes já tem mais do que precisa para viver e até mesmo já realizou seus objetivos continua a buscar novas metas ? O Brasil já possui um mercado interno para suas farinhas e gorduras e mesmo assim a ABRA está promovendo um projeto de internacionalização do setor de reciclagem animal.
 
 Ao exportarmos nossos produtos, além de podermos encontrar melhores preços, podemos adicionalmente promover uma equalização do mercado interno “por cima”. Ações e reações . Mercados mais atraentes costumam ser mais exigentes, desta maneira  as consequências da busca de novas fronteiras, além da lucratividade , se traduzem em maiores investimentos e muito trabalho. Desta maneira evoluem o parque industrial e os profssionais ligados direta ou indiretamente à cadeia. Reconhecer e saudar as pessoas de espírito empreendedor é estar aberto ao progresso e ao desenvolvimento. Realizar nossos dons acaba por ser inclusive, para quem acredita, uma ação divina. Recorre-se à parábola dos talentos de ouro, onde o servo ruim enterra o talento que recebeu para devolvê-lo aos senhor no  fim de sua vida tal qual como o recebeu.
 
 O servo mediano utiliza seus talentos de forma a produzir igual valor em sua vivência, porém o servo de valor utiliza seus talentos para o crescimento. Multiplica-os ao longo de sua vida pois sente o impulso divino da realização. Por isto parabenizo às pessoas e empresários que a despeito das dificuldades ou até mesmo das facilidades oferecidas pelo sucesso já alcançado continuam determinados em Crescer, Expandir, Vender …
 
Até a próxima!Alexandre Ferreira