A informação foi divulgada pela Safras & Mercado após fontes revelarem que o governo já está preparando a parte documental do procedimento. 
A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) deverá ofertar cerca de um milhão de toneladas de milho para controlar os preços do cereal no mercado interno. A informação foi divulgada pela Safras & Mercado após fontes revelarem que o governo já está preparando a parte documental do procedimento. Os estoques do grão da Conab giram ao redor de 1,3 milhão de toneladas, mas, segundo a fonte, cerca de 200 mil toneladas já estão comprometidas com a realização de leilões de venda a balcão.
"A questão envolvendo os leilões já está em tratativas entre os ministérios da Fazenda e da Agricultura e acreditamos que não haverá maiores dificuldades para a realização das operações. A expectativa é de que possamos ter uma definição quanto a datas e volumes a serem disponibilizados em uma ou duas semanas", sinaliza.
Na semana passada, o secretário de política agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller, ressaltou que os leilões visam desonerar os custos de produção aos criadores de aves e suínos. Destacou ainda que as operações deverão ser voltadas aos consumidores dos estados de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo.
Fonte:  CANAL RURAL .