Skip to main content

O Comitê de Crise da ABRA (CCA) se reuniu para discutir e avaliar um caso concreto de aplicação das normas de alimentação animal em auditoria realizada por Auditor Fiscal Federal Agropecuário (AFFA) a uma indústria associada ABRA. Nesta auditoria, pontos de não conformidade relacionados principalmente à Instrução Normativa 04 de 2007 foram anotados pelo AFFA.

A ABRA entendeu inconsistência entre alguns dos pontos apontados pelo Auditor Fiscal e o marco regulatório do setor (IN34 de 2008), onde percebeu-se grande risco de inconsistência jurídica a todas as unidades de reciclagem animal brasileiras, pois o enfoque dado, na prática, implicaria em reprovação dos Programas de Autocontrole implantados desde 2008, e obrigatoriedade de “retorno” aos procedimentos controlados por Procedimento Operacional Padrão (POPs).

Todos os pontos de inconsistência foram avaliados pelo CCA, o que resultou em uma apresentação a ser feita ao DIPOA/MAPA, agendada para o dia 26 de fevereiro de 2021.

Veja o resultado desta reunião aqui.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação ABRA
Marcelo Lara, jornalista – Consultor de Comunicação