O menor número de dias úteis em agosto só não fez bem para a carne de frango pois a carne suína e bovina aumentaram, respectivamente, em 5,07% e 3,96% os embarques sobre o mês anterior. A carne de frango reduziu em 2,37% seus embarques no mês e como a sua representatividade equivale a mais de 66% na soma dos três produtos, o volume total das carnes in natura exportadas acabou retrocedendo 0,22%.

No preço médio somente a carne suína conseguiu resultado positivo de 1,50%. As carnes bovina e avícola tiveram seus preços desvalorizados em 2,01% e 3,98%, respectivamente.

Como conseqüência da redução nas exportações e um menor preço médio, a receita cambial da carne de frango foi 6,26% menor em relação ao mês anterior.

Essa queda na receita da carne de frango afetou a receita total das carnes que acabou ficando 1,79% menor que julho, entretanto, ainda permaneceu positiva em relação a agosto de 2012.
 
Fonte: Avisite