Skip to main content

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou hoje, em sessão extraordinária, uma ampliação do limite de crédito para retenção de suínos a que cada criador terá direito. A linha de crédito, que conta om recursos do Plano Safra, passa a contar com limite de R$ 2,4 milhões, contra os R$ 1,2 milhões anteriormente vigentes.
A medida, porém, vale somente até 30 de junho deste ano. Portanto, até o fim do calendário agropecuário nacional.
Na semana passada, o secretário substituto de política agrícola do Ministério da Agricultura, Marcelo Cabral, informou que a Pasta propusera ao governo que ampliasse o limite de crédito na tentativa de apoiar produtores de suínos.
Em nota, o Ministério da Fazenda informou que "a medida visa a apoiar os suinocultores que estão passando por dificuldades em função do aumento do custo da ração, afetado pela valorização do milho, e da queda das exportações de carne suína.
 
Fonte: Valor Econômico