Os balanços das duas principais empresas brasileiras produtoras de carne de frango aponta aumento de 7,73% na produção de carne de aves nos nove primeiros meses de 2012. Considerado apenas o terceiro trimestre do ano, o incremento foi mais significativo, de quase 12%.

 
Os resultados divulgados também refletem as dificuldades enfrentadas no mercado externo, onde apenas a BRF registrou expansão no volume exportado. O efeito disso, naturalmente, foi o significativo aumento da produção colocada internamente.
 
Neste caso é oportuno rememorar que a não exportação de um determinado volume não se resume à mera colocação do mesmo volume no mercado interno: um frango não exportado acaba tendo, internamente, peso final muitíssimo maior que o originalmente programado. Daí, com certeza, as altas variações registradas, em especial, as do terceiro trimestre do ano.
 
A ressaltar que os números divulgados referem-se à produção global de aves das duas empresas. No entanto, de 90% a 95% desses totais (senão mais) dizem respeito à carne de frango.
 
Fonte: Avisite