Skip to main content

O governo brasileiro começa a se organizar para aproveitar as mudanças de relações comerciais adotadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.
O Brasil mira mercados que podem ser conquistados com o fim  dessas parcerias. Em road show pela Europa, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, diz que as perspectivas são boas. “É uma mexida geral no tabuleiro. Todos querendo alternativas se as coisas piorarem. Fica claro o interesse de aproximação com o Brasil por ser um dos maiores produtores de alimentos do mundo”, diz.
 
Fonte: Brasil Agro – Coluna do Estadão/ O Estado de S.Paulo