Os governos do Brasil e dos Estados Unidos publicam nota de declaração conjunta com o objetivo de melhorar e incentivar o comércio agrícola entre os dois países. A nota foi divulgada nesta quarta-feira, dia 18 de dezembro, com o compromisso mútuo de adequação dos requisitos técnicos e de equivalência para saúde animal e inocuidade alimentar.
 
 
Declaração Conjunta
 
 
Os Estados Unidos e o Brasil são dois dos maiores produtores e exportadores agrícolas do mundo. Ao longo dos últimos 20 anos, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) do Brasil têm colaborado em muitos temas agrícolas e atualmente têm cerca de 100 atividades de cooperação em agricultura. Como líderes mundiais no uso de tecnologias inovadoras de produção agrícola, os dois países compartilham um grande interesse em explorar ainda mais a cooperação agrícola.
 
 
Tanto o Brasil quanto os Estados Unidos mantêm um forte compromisso com a regulamentação baseada na ciência. O USDA e o Mapa concordaram recentemente numa ação conjunta para alterar as regras que atualmente limitam o comércio bilateral de carne. O comércio bilateral de carne bovina e de todos os produtos à base de carne bovina poderia ocorrer uma vez que cada país exportador atenda aos requisitos técnicos e de equivalência do país importador para saúde animal e inocuidade alimentar.
 
 
Fonte: MAPA